sábado, 11 de julho de 2009

Quando usar All, Everything, Everybody e Everyone

Essas palavras complicam muito os iniciantes no estudo da língua inglesa.
All e Everything significam "tudo". All, Everybody e Everyone significam "todos".

Mas o difícil é saber qual desses usar em uma frase. Difícil? Que nada! Algumas dicas juntamente com um pouco de prática irão tornar esse assunto bem fácil. Ok? It´s all up to you (só depende de você).

O uso de all é mais restrito. Ele se encaixa em alguns casos, mas nem sempre pode ser usado.Mas, afinal, quando usar? Primeiro, all não pode ser usado sem acompanhar outras palavras que o torne dependente delas.

Podemos dizer All I (tudo que eu), All you (tudo que você), All they (tudo que eles/elas) etc. ou Everything I, Everything you, Everything they.

Nunca podemos dizer:"He thinks he knows all" (ele acha que sabe de tudo).O correto é dizer:"He thinks he knows everything.

Tudo é possível = "All is possible"? Não! Você precisa dizer:"Everything is possible".

Isso é muito relativo.Existem certas expressões que você precisa decorar definitivamente, porque são excessões a qualquer regra gramatical.

All right? = Tudo bem?

It´s all over = Tudo acabou, está tudo acabado

All the time = O tempo todo

Of all time = De todos os tempos

After all = Afinal das contas

Once and for all = De uma vez por todas

That´s all = É só isso, não há mais nada a falar


Got it? (Deu pra pegar?/Entendeu?)

Everybody e everyone são praticamente sinônimos.Significa "todos,todo mundo".

All não pode ser usado como sujeito no sentido de "todos". Não existe a estrutura ALL + Verbo. Nesse caso, você deve usar Everybody em vez de All.

Simplificando... é correto dizer "everybody just wants to have fun" (todos só querem se divertir" e é errado falar "all just wants to have fun".

Great(ótimo). That´s it!!! (é isso aí).

Links externos

http://www.teclasap.com.br/blog/2008/12/02/falsas-gemeas-all-x-everything/

Um comentário: